Notícias

Ética, integridade e conformidade no BNDES

Integridade compliance bndes radix

Aconteceu ontem, no BNDES, o evento “Integridade para pequenos negócios. O encontro, que contou com a participação de profissionais do Banco e de diversas empresas, entre elas a Radix, debateu temas como a corrupção, seu impacto para o desenvolvimento econômico e social do país e o papel das Micro, Pequenas e Médias Empresas no seu combate.

Luiz Eduardo Rubião, diretor da Radix, falou sobre a relação da empresa com o tema e o selo Pró-Ética, concedido pelo CGU (Controladoria Geral da União) e recebido pelo segundo ano consecutivo hoje, em Brasília.

Rubião falou sobre o desafio de abrir um negócio e ser empreendedor no Brasil e sobre a importância do Compliance e do selo Pró-ética na organização. Para a Radix, o selo, além de ser motivo de orgulho para os funcionários, ajuda a gerar negócios para a empresa. O diretor contou que o prêmio, especialmente nos EUA, foi fundamental para a assinatura de alguns contratos.

O especialista em Compliance, Wagner Giovanini, encerrou o evento afirmando que cada vez mais, em um futuro bem próximo, as empresas que não tiverem um sistema de Compliance implantado nas suas organizações, não conseguirão participar de licitações e fechar novos contratos. A Radix já tem o seu sistema implantado há mais de três anos e atua diariamente para mantê-lo presente em suas atividades.